PODER LEGISLATIVO DE FERNANDO PEDROSA

TERRA MÃE DE FERNANDO PEDROSA

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

HISTÓRIA DE FERNANDO PEDROSA-RN

FERNANDO PEDROZA Antigo São Romão teve início em 1920 por ocasião da construção da estrada de rodagem Lages-Santana dos Matos. Em 1921, resolução superior manda que se suspendam os serviços Santa Cruz-Santana, continuando-os em direção a Angicos.
São Romão era, a esse tempo, uma extensa mata, propriedade de vários agricultores, entre os quais FERNANDO PEDROSA, JOAQUIM FIRMINO e MIGUEL TRINDRADE.
Ligado à estrada por interesses comerciais, vinha ANTONIO TEIXEIRA DA ROCHA, no intuito de instalar ali um barracão de fornecimento aos trabalhadores, e uma feira.
No dia 14 de agosto de 1921 realizava a primeira feira, sob latada construída em seis dias. FRANCISCO FRACELINO e CASSIMIRO iniciaram a construção de casas. O movimento era pouco. Mas, um ano depois já aumentara tanto, que, em março de 1922, suspensos os trabalhos da estrada, a feira não diminuiu, firmando-se, assim, pelo hábito, mais um ponto comercial dos moradores vizinhos.
Naquele ano a pequena latada não comportava os feirantes. Aproveitando a derrubada da mata, feita por MIGUEL RUFINO PINHEIRO, até a fazenda “SÃO JOAQUIM”, foi fácil o levantamento de outra latada, com oitenta palmos de comprimento e trinta de largura

A construção da Capela de São Joaquim foi erguida em 1923 sendo celebrada a primeira missa, no dia 25 de dezembro de 1923 e a grande festa do padroeiro da cidade acontece no dia 26 de julho, com realização de novena, procissão, missas e outras manifestações populares.
A primeira escola da comunidade foi a escola Isolada instalada em 1925, que teve como primeira professora a mestre MARIA AMARANTINA WANDERLEI, que permaneceu no cargo até 1926. Em 1928 esse estabelecimento de ensino não funcionou, retornando a funcionar no ano sendo, coma professora MARIA LEONOR GRITO, que permaneceu no cargo até 1934, com os professores ZACARIAS DE OLIVEIRA e OLINDINA DE ARAÚJO.
No dia 22 de janeiro de 1935 o prefeito da cidade de Angicos, senhor JOSÉ NESTPR DE GOUVEIA iniciava a obra de construção do mercado público de Fernando Pedrosa, cuja obra foi inaugurada no ano seguinte
Em 11 de setembro de 1938 foi inaugurado o busto de FERNANDO PEDROSA, patrono da comunidade, e alvo de gratidão do povo do lugar que viu ajudando a transformação de uma mata no trepidante povoado, posteriormente centro comercial, campo agrícola, vila e atualmente cidade
Através do Decreto nº 603, de 31 de outubro de 1938, marcou as seguintes divisas do distrito com a sede do município
“Começa no ponto onde a estrada carroçável de Santana dos Matos a Angicos , corta o limite dos dois municípios, segue, em linha reta, para a ponte da Estrada de Ferro Central, sobre o rio PATAXÓS, ou de ANGICOS, e depois, em direção leste, à vila de Fernando Pedrosa, compreendendo a respectiva área urbana e suburbana; daí pelo leito da Estrada de Ferro Central, até encontrar, a leste, o município de Lajes.
No dia 26 de junho de 1992, a Vila de Fernando Pedrosa conquistou sua independência polícia, desmembrada do de ANGICOS, através da Lei nº 6.301, o qual foi instalado no dia primeiro de janeiro de 1997, que teve como primeiro prefeito o senhor JOSÉ SALVIANO DA CRUZ, que foi eleito no pleito eleitoral realizado no dia 3 de outubro de 1996, juntamente com seu companheiro o vice-prefeito José Batista Xavier. O primeiro administrou foi reeleito nas eleições municipais de 1º de outubro de 2000, continuando no cargo até 1º de janeiro de 2005, quando passou o cargo para o prefeito GONDEMÁRIO DE PAULA MIRANDA JÚNIOR, natural de Angicos-RN, nascido a 5 de outubro de 1971, o qual foi reeleito em 5 de outubro de 2008, com 1431 votos, derrotando seu opositor DANIEL PEREIRA DOS SANTOS, que obteve 1207 votos. Ele tomou posse em 1º de janeiro de 2009 e tem mandato até 31 de dezembro de 2013.
Esta localizado na Microrregião de Angicos, na Mesorregião Central Potiguar, com uma área territorial de 326,9 quilômetros quadrados, equivalente a 0,61 por cento do Estado do Rio Grande do Norte;
FONTE - LIVRO DO SAUDOSO ALUÍZIO ALVES, 1940

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAYARA KEILE

MAYARA KEILE
MISSE DE FERNANDO PEDROSA

Quem sou eu

Minha foto
Sou o subtenente PM/RN JOSÉ MARIA DAS CHAGAS, natural de Mossoró-RN, pai de quatro filhos e que tem como base principal de vida:AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS" e AMAR AO PRÓXIMO COMO AMO A MIM MESMO"; ÃLÉM DE SER HUMILDADE E ATÉ A PRESENTE DATA NUNCA ECONOMIZEI UM GOTA DE HONESTIDADE. TENHO A MANIA DE ESCREVER, ESCREVER, ESCREVER, DE LER, LER, LER; DE PESQUISAR. COM CINCO BLOGS NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES, CUJA META FINAL É DE CHEGAR AOS 7 BLOGS E 400 LINKS. SOU 95 POR CENTO TORCEDOR DO BARAÚNAS, O MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ E 5 POR CENTO FLUMINENSE.

Minha lista de blogs